Coral Plaza Blog

Natal - Cidade do sol
X
14 jan

Conheça 5 cartões-postais de Natal e surpreenda-se

A capital do Rio Grande do Norte, Natal, é uma cidade de praia conhecida por suas lindas dunas. Se você está pensando em uma cidade litorânea com paisagens naturais deslumbrantes e uma arquitetura majestosa, seja para uma viagem familiar, seja para uma aventura com os amigos, a capital é uma ótima opção, e os cartões postais de Natal não podem ficar fora do seu roteiro.

Saiba quais são os principais pontos turísticos da cidade e por que você deve visitá-los!

1. Praia de Ponta Negra

A Praia de Ponta Negra é talvez o principal cartão postal de Natal. O local é superexplorado e a estrutura é toda voltada para os turistas, com restaurantes, bares, hotéis, boates e lojas espalhadas pela orla.

À noite, os barzinhos com música ao vivo chamam atenção dos turistas e dos natalenses. 

2. Morro do Careca

Quando você estiver em Ponta Negra, não pode deixar de visitar o Morro do Careca, uma duna de 107 metros, ladeada por duas faixas de restinga, que fica no final da Praia de Ponta Negra.

No final da década de 90, o morro era um local famoso de skibunda e teve que ser fechado para preservação ambiental. Hoje, ele é considerado monumento ambiental. Mesmo não sendo possível mais subir nas dunas, ainda dá para fazer o passeio de jangada para a parte de trás do morro, que esconde praias desertas e paradisíacas, ou aproveitar a vista para fazer esportes aquáticos como standup paddle, parasail e kitesurf na praia em frente ao morro.

3. O maior cajueiro do mundo

É isso mesmo, o maior cajueiro do mundo, um recorde registrado, inclusive, pelo Guinness World Records, fica na praia de Pirangi, em Natal. A árvore ocupa nada menos que 8500 m², e seus galhos cobrem praticamente todo o quarteirão, e estão ameaçando invadir as casas do outro lado da rua.  

O maior cajueiro do mundo foi plantado por um pescador em 1988 e, desde então, não parou de crescer, por causa de uma anomalia genética. A quantidade de galhos acabam fazendo com que o cajueiro pareça vários, já que eles se esparramam para os lados, enraízam-se novamente e continuam crescendo para cima como se fossem novos troncos. Na safra, o maior cajueiro do mundo produz de 70 a 80 mil cajus, e os visitantes podem andar por toda a área da árvore, além de saborear as deliciosas frutas.

4. Fortaleza dos Reis Magos

A Fortaleza, ou Forte dos Reis Magos, é a construção mais antiga do Rio Grande do Norte, e marca a fundação de Natal, em 1598. Reconhecida de longe por seu formato de estrela, a edificação foi construída pelos portugueses, e as obras começaram no Dia de Reis, daí seu nome.

Quando os holandeses invadiram o Brasil, em 1633, eles entraram pela região do forte, que acabou sendo tomado. Somente anos mais tarde, os portugueses conseguiram retomar as terras, e os canhões utilizados para isso ainda estão expostos lá. A Fortaleza dos Reis Magos também foi residência de personalidades importantes, como o conde Maurício de Nassau, e é por carregar anos da história nacional que é um dos importantes cartões postais de Natal.

5. Shopping do Artesanato Potiguar

Para quem gosta de conhecer o artesanato dos lugares que visita, o Shopping do Artesanato Potiguar é uma ótima opção. O que se diz “shopping”, na verdade, é um grande mercado, com várias lojinhas separadas. São bebidas, alimentos, itens de decoração, roupas e lembrancinhas. É claro que lá você também vai encontrar as tão famosas rendas do Nordeste.

E aí, curtiu essas dicas de passeios para conhecer os cartões-postais de Natal? Então que tal compartilhá-las nas redes sociais e chamar os amigos para viajar também?

Leave a Reply