Coral Plaza Blog

Natal - Cidade do sol
X
10 out

Ginga com tapioca: conheça essa deliciosa iguaria potiguar

Já ouviu falar em ginga com tapioca? Se você ainda não sabe o que é essa iguaria do Rio Grande do Norte, fique calmo! Já já você vai saber tudo sobre o prato, além de aprender a fazê-lo e se deliciar com ele!

A culinária do Nordeste é um dos maiores atrativos culturais da região, e a gastronomia potiguar não ficar para trás. De origem indígena, a ginga com tapioca é muito consumida nas praias de Natal, e se você for à cidade, não pode deixar de experimentá-la. Vamos lá!

Uma mistura que colou

Se você não é do Nordeste, possivelmente não sabe o que é ginga. Esse é o apelido simpático do peixe da espécie Manjubinha, bem comum em toda a região. É um peixe pequeno, que mede de 10 a 15 centímetros, e costuma ser comido assado ou grelhado, mas, nessa receita, ele vai frito.

Já a tapioca se tornou bem popular no Brasil todo por seu alto poder energético. A tapioca é um prato derivado de receitas indígenas, feito com goma de mandioca. Depois de ir na frigideira, ela fica como um crepe e pode ser servida com recheios variados.

Mas a mistura com a ginga ninguém sabe muito bem de onde veio. Alguns dizem que foram os índios, outros contam que os peixinhos ficavam presos nas redes de arrasto dos pescadores. Por serem pequenos, eles costumavam ser descartados, até que resolveram experimentar usá-los como recheio da tapioca. A onda pegou e hoje a ginga com tapioca é um dos pratos mais tradicionais do Rio Grande do Norte, sendo especialmente famoso no mercado da Redinha, em Natal.

Energia explosiva

Apesar da delícia que é a ginga com tapioca, há de se tomar cuidado para não cometer exageros. Cada porção tem aproximadamente 600 calorias, e é uma bomba de proteínas e carboidratos. Para quem malha, pode ser uma boa refeição antes do treino.

Uma receita simples

A ginga com tapioca é muito simples de fazer. Se você não encontrar a tapioca já pronta para ir para panela, é só molhar a goma de mandioca tradicional, esperar a água ser absorvida e depois passá-la pela peneira.

Para fazer a ginga, você deve lavá-la bem e depois fritá-la no azeite de dendê quente. O peixe deve ficar bem crocante. Uns cinco ou seis peixinhos são suficientes para rechear uma porção de tapioca.

Para preparar a tapioca, é só esquentar a frigideira sem nada e depois colocar a goma, espalhando-a por todo o diâmetro da panela. Aos poucos ela vai se juntando e formando uma massinha conectada. Quando começar a corar, vire e cozinhe mais um pouquinho. 

Não há necessidade de passar manteiga ou nenhum outro creme na tapioca, pois o peixe já tem um óleo natural. O prato vai ficar crocante e macio. Agora é só se deliciar com esse petisco!

Gostou de aprender sobre a ginga com tapioca? O prato é uma experiência necessária para quem viaja a Natal! E se você já experimentou ou está com vontade de fazer essa receita, que tal contar para a gente aqui embaixo nos comentários?

Leave a Reply